Jiu-Jitsu: regras, técnicas, faixas, golpes e história da arte

O jiu-jitsu é um esporte de origens indiana e japonesa do século XVII. É considerado uma das artes marciais mais tradicionais, criada por monges budistas e aperfeiçoada e popularizada por samurais japoneses. No Brasil teve sua popularização graças a Carlos Gracie, que dominou a arte como ninguém. Até hoje a Família Gracie é condecorada e lembrada por sua incrível tradição que criou em volta do Jiu-Jitsu.

A arte marcial Jiu-Jitsu poder ser praticada por homens, bem como por mulheres. Inicialmente era uma forma de luta com a intenção de garantir a defesa pessoal de quem a praticava. Baseia-se no equilíbrio, nas articulações corporais e bas alavancas.

Conheça todas as regras do Jiu-Jitsu.

Como modalidade esportiva, o objetivo principal de cada um dos lutadores consiste na derrubada de seu oponente, bem como na imobilização. Dessa forma, pode-se dizer que não são usados objetos para a prática desse esporte, e sim apenas o próprio corpo. É exigido apenas que os participantes estejam vestindo a roupa adequada. Trata-se de um kimono, de cor preta, azul ou branca, composto por um paletó e uma calça. As lutas são realizadas em um espaço quadrado denominado tatame, cujas medidas variam de 64 a 100 metros quadrados. O jiu-jitsu não é uma modalidade dos Jogos Olímpicos.

As faixas do jiu-jitsu

Os estilos mais tradicionais do ensino do jiu-jitsu adotam o chamado método menkyo para classificar as graduações dos lutadores. Tal método para dividir os aprendizes de acordo com seu desempenho se baseia na seguinte sequência de cores:

  • Branca
  • Cinza
  • Amarela
  • Laranja
  • Verde
  • Azul
  • Roxa
  • Marrom
  • Preta
  • Coral
  • Vermelha

Os movimentos do jiu-jitsu

  • Projeção ou queda: É qualquer desequilíbrio causado ao oponente que o leve ao chão.
  • Passagem de guarda: É quando o lutador se encontra em cima do adversário, estando entre suas pernas, e passa para o lado do adversário, ficando em posição transversal e mantendo-o dominado.
  • Joelho na barriga: É quando um lutador está por cima de seu adversário e põe o joelho sobre sua barriga, imobilizando-o.
  • Montada: É quando o lutador monta em seu adversário tendo seus joelhos e seus pés no solo Pegada pelas costas: Movimento em que o lutador pega seu adversário pelas costas utilizando os pés.
  • Raspagem: Movimento em que o lutador está por baixo, com o adversário entre suas pernas, e consegue inverter as posições.

As regras do jiu-jistu

  • As lutas são fiscalizadas por um árbitro.
  • A duração de cada luta depende de uma série de fatores, sendo os principais a faixa etária em que os lutadores se encontram e a faixa usada por eles.
  • Ao longo da luta, o participante pode ganhar ou perder pontos de acordo com o que executar. As punições podem acarretar a perda de 1, 2, 3 ou 4 pontos, de acordo com sua gravidade. As vantagens são igualmente variáveis. Quanto aos movimentos, o participante pode ganhar 2 pontos por queda, raspagem e joelho na barriga; 3 pontos por passagem de guarda e 4 pontos por montada e pegada pelas costas.
  • O vencedor da luta é aquele que, ao final da partida, obtiver a maior soma final.
Gostou? Então compartilhe: